Comunicado do advogado de Cristiano Ronaldo

No seguimento da matéria presentemente noticiada pelo SPIEGEL sobre o nosso cliente Cristiano Ronaldo, vimos por este meio fazer a seguinte declaração: A matéria noticiada no SPIEGEL é manifestamente ilegal e viola os direitos de personalidade do nosso cliente Cristiano Ronaldo de uma forma extremamente grave. Esta é uma notícia de suspeição inadmissível em matéria de privacidade. Por conseguinte, a sua reprodução será ilícita. Fomos instruídos para apresentar todas as queixas e reivindicações ao abrigo da lei de imprensa contra a publicação SPIEGEL, em particular no que toca à compensação por danos morais num montante que corresponda à gravidade da violação cometida, que é provavelmente uma das violações mais graves dos direitos de personalidade dos últimos anos.

 

Professor Dr. Christian Schertz
Advogado