fonte3

Portugal goleia Hungria na qualificação para o Mundial da Rússia (3-0)
Cristiano Ronaldo e André Silva preservam tradição

Porque a tradição ainda é o que era, Portugal manteve o saldo positivo em confrontos com a Hungria, somando a oitava vitória em 12 jogos (empatou os restantes quatro), apontando os mesmos golos do último encontro (para o Euro’2016), mas desta vez com a baliza a zero. Cristiano Ronaldo é senhor número 70, graças aos dois que apontou na noite da Luz, enquanto André Silva, o autor do primeiro de Portugal, somou o quinto com a camisola das quinas vestida. Feitas as contas, Portugal venceu os últimos quatro jogos do Grupo B, nos quais marcou por 17 vezes, e segue no segundo lugar, a três pontos da Suíça, que venceu a Letónia por 1-0. E Cristiano Ronaldo é, nesta altura, o quarto europeu com mais golos apontados ao serviço da selecção, atrás dos húngaros Puskas (84) e Kocsis (75) e do alemão Klose (71). Até ver.

 

Com os regressos de Pepe, Cédric e Raphael Guerreiro, bastaram quatro minutos para Portugal aniquilar a organização defensiva da Hungria, que se apresentou com três centrais e mais dois laterais. E se o jogo até parecia estar, nesta altura, um pouco ensarilhado, André Silva e Cristiano Ronaldo foram os denominadores comuns dos dois momentos que desarticularam os húngaros: aos 32’, o melhor do Mundo desmembrou o opositor, permitindo o cruzamento de Raphael Guerreiro e o remate de primeira de André Silva ao segundo poste para o primeiro golo de Portugal; aos 36’ foi André Silva quem, após uma assistência exímia de calcanhar, permitiu o remate colocadíssimo de Cristiano Ronaldo com o pé esquerdo para o segundo golo. E tudo ficou mais fácil.

 

A segunda parte apresentou-se com os acordes ainda mais acentuados na Portuguesa e a música do golo foi escutada pela terceira vez aos 65’, pelo pé direito de Cristiano Ronaldo, na transformação de um livre muitíssimo bem executado. Bernardo Silva, João Moutinho e Pizzi também foram a jogo, podiam ter sido mais os golos (a Hungria não criou uma verdadeira oportunidade de golo), mas três chegaram para cimentar tão importante triunfo nesta caminhada para a Rússia.

 

Portugal volta a jogar nesta terça-feira, no Funchal, mas em jogo particular com a Suécia. O regresso dos jogos de qualificação está marcado para o dia 9 de Junho, na Letónia.